• Kelly Rossi

'Salem - resenha


Autor - Stephen King

Tradução - Thelma Médici Nóbrega

Editora - Suma de Letras

Gênero - Suspense sobrenatural

Páginas - 464

Ano - 2013

ISBN - 9788581050454

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐


Sinopse - “Ambientado na cidadezinha de Jerusalem’s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o sr. Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade.

Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem’s Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico, e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir.

Mas isso não será tão simples. Os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem’s Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas.”



“... ultimamente venho me interrogando sobre a natureza do mal que existe no mundo. E isso não tem sido muito agradável.”


Jerusalem's Lot, conhecida carinhosamente como 'Salem, é uma daquelas cidadezinhas pequenas onde todos os moradores se conhecem e sabem tudo sobre a vida de todo mundo. Um passado sombrio permeia a história da cidade. No alto da colina está localizada a Mansão Marsten, um lugar tenebroso que foi palco para vários crimes violentos. Todo o mal que aconteceu ali fincou suas raízes no cerne da cidade e mesmo adormecido, perturba a paz de seus cidadãos.


“... a ideia de que um homem pode morrer e deixar o mal como legado é muito mais perturbadora.”


Ben Mears é um escrito e passou sua infância em 'Salem. Depois de vários anos, ele acredita estar preparado para voltar e enfrentar seus medos. Mas seu retorno também desperta o mal que existe naquele lugar.

Seu principal objetivo era alugar a Mansão Marsten, fonte de seus piores pesadelos, encarar tudo de frente e superar seus temores. Mas ao chegar na cidade ele conhece a bela Susan Norton, uma moça inteligente e cheia de sonhos. Os dois criam uma forte ligação e Ben se abre com Susan, conta seus segredos e descobre que a Mansão Marsten foi vendida e o novo dono abriu uma loja de móveis em 'Salem. A partir daí que mistérios começam a pipocar por toda a cidade.


“O fogo o penetrava com seus pulsantes filamentos escarlates – flores febris numa selva noturna.”


Esse suspense sobrenatural é viciante do início ao fim. Mas eu sou suspeita para falar de King, amo a escrita dele e todo o detalhamento. Fica tudo muito visual para mim, consigo imaginar as cenas perfeitamente.


'Salem é tratada como uma personagem, considero a cidade como a protagonista da história. A descrição é tão rica que fiquei com a sensação de já ter visitado a cidade, como se já conhecesse toda a estrutura: as ruas, as lojas, as casas, os cidadãos... simplesmente fantástico.


A diversidade narrativa do King também me agrada muito, algumas passagens são tão sensorias que eu paro e fico apreciando, só sentindo mesmo... “Na cozinha, o cheiro de morte era úmido e palpável, pesado como granito.”


Outras são tão belas que chegam a ser poéticas, por exemplo: “O fogo o penetrava com seus pulsantes filamentos escarlates – flores febris numa selva noturna.”

Não é lindo? ai ai...


Também gostei do desfecho da história, achei bem coerente. Se tivesse mais explicações e informações sobre algumas mortes, agradaria ainda mais. Não que tenha faltado compreensão, apenas aquela curiosidade de leitor que quer saber de tudo tim-tim por tim-tim rsrs...


“Sozinho. Sim, essa é a palavra mais terrível de todas. “Assassinato” não chega aos pés, e “inferno” é apenas um sinônimo inferior.”


King sempre traz várias referências em seus livros. Quero destacar três que encontrei nesse. O primeiro é "1984", livro maravilhoso, uma das minhas leituras tops da vida. Os outros dois eu ainda não li, mas tenho certeza que vou gostar muito, são eles: "Drácula" e "A Assombração da Casa da Colina".




Se você gosta de livros com histórias sobrenaturais com algumas cenas perturbadoras, vai amar essa leitura.


Já leu algum livro do King? Tem vontade? Qual gostaria de ler?


Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚💕


Colabore com o blog! apoia.se/voandocomlivros







13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo