• Kelly Rossi

O Misterioso Caso de Styles - resenha


Autora - Agatha Christie

Editora - Folha de São Paulo

Gênero - Romance Policial

Páginas - 240

Ano - 2019

ISBN - 9788579493652

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐

Sinopse – “Caía a madrugada na casa de campo de Styles quando moradores e convidados acordaram com os barulhos vindos do quarto de Emily Inglethorp, a proprietária da mansão.

Aparentemente, ela estava sofrendo um ataque cardíaco, mas ninguém podia ajuda-la de imediato porque o cômodo estava trancado.

Quando John E Lawrence, enteados dela, e o capitão Hastings, amigo da família, conseguiram derrubar a porta, a matriarca sofria convulsões. Morreu instantes depois. Não demorou para que o médico passasse a suspeitar de assassinato por envenenamento.

Livro de estreia de Agatha Christie, “O Misterioso Caso de Styles”, de 1920, apresenta o personagem que se tornaria célebre nas décadas seguintes, o sagaz Hercule Poirot.

Com o apoio de Hastings, o minucioso detetive belga busca desvendar o intrincado caso. Era o primeiro de muitos mistérios que viriam pela frente.”

🔎"A imaginação é boa criada, porém má conselheira. A explicação mais simples é sempre a mais provável.”

Primeiro livro da Agatha Christie, “O Misterioso Caso de Styles” foi escrito em 1916 e após várias recusas, foi aceito e publicado em 1920. Sua escrita clara, direta e instigante ganhou o publico logo de cara. Elogios como “um dos melhores livros de estreia jamais escritos” foram recebidos aos montes.

A trama é narrada pelo capitão Hastings que está de visita na casa de campo em Styles quando uma tragédia acontece. Após a morte da matriarca, Mrs. Inglethorp, por suspeita de envenamento, Hasting convida seu amigo e detetive belga, Hercule Poirot, para ajudar na investigação do caso. Envolvidos na cena do crime estão: Mr. Inglethorp, esposo da vítima; John e Lawrence, enteados da vítima; Mary, esposa de John; Dr. Baurestein, médico da família; Hastings, Cynthia Murdoch e Evelyn Howard, amigos da família; Dorcas, a governanta; entre outros empregados da casa.

Apesar de poucos suspeitos é muito difícil conseguir ter certeza de quem é o possível assassino.


A personalidade exuberante e metódica de Poirot associada às tentativas de auxílio do Hastings deixa a história muito interessante com um toque irônico. Eu como leitora, em muitas partes da investigação me sentia tão perdida quanto o Hastings. 😅


O modo como a Agatha dá importância a todos as personagens em momentos oportunos, fazendo o leitor suspeitar de cada um por motivos diferentes, aguça demais a nossa curiosidade.


Esse foi o primeiro livro da Agatha que li e ela já ganhou meu coração. Eu não consegui ter certeza de quem era o assassino em momento nenhum e no final fiquei com aquela sensação de ser totalmente enganada, amei!😆


Se você procura uma história com personagens bem caracterizados, uma trama totalmente instigante onde TODOS são suspeitos e um final de cair o queixo, esse é o livro! Mas lembrem-se, prestem atenção em todas as pistas e se chegarem no final pensando: “nossa, como deixei isso passar?!” a culpa não será minha.🤭

Agora é sua vez! Já leram esse livro? Conhecem a escrita da Rainha do Crime? Qual o livro dela que mais gostam?

Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima.📚💖

80 visualizações

© 2020 Voando com Livros • Todos os direitos reservados • Desenvolvido por Nicolas M Barboza