• Kelly Rossi

O Guardião de Nomes - resenha


Autor - Leonardo Garzaro

Nacionalidade - Brasileiro

Editora - Rua do Sabão

Gênero - Romance

Páginas - 432

Ano - 2022

ISBN - 9786586460728

Classificação - ⭐⭐⭐


Sinopse - "Um barão e sua esposa disputam como deverá se chamar o sétimo e último filho. Um adolescente decide fazer de seu apelido o nome próprio e quer ser registrado como Remela. Um garimpeiro se indigna quando uma marchinha de Carnaval torna-o motivo de escárnio. E um anão planeja roubar a página onde seu nome foi grafado pela primeira vez. 'O Guardião de Nomes' é uma ode a primeira das atividades humanas: o nomear."


"Admirando não a capacidade humana de tudo construir, mas o impositivo do tempo de reduzir tudo a pó."



Você já pensou na importância que tem seu nome?


"O Guardião de nomes" trata exatamente sobre o peso e a história que cada nome carrega.


A trama se passa em uma cidade interiorana onde é comum que apenas uma pessoa nomeie toda a população. O processo da escolha é muito significativo, porque o nome não é apenas uma identificação, mas é ele quem vai traçar todo o destino do nomeado.


O livro exige uma leitura densa, principalmente no início quando conhecemos a família do primeiro nomeador, O barão Álvares Corrêa. Sua esposa está grávida de seu sétimo filho, herdeiro de uma vasta propriedade, precisa de um nome a altura. O barão está decidido em escolher o melhor nome para que seu sétimo filho tenha uma excelente criação.


Mas a esposa do barão tem um sonho profético durante o parto e seu plano é dar ao filho o nome de Antônio, que é o mesmo nome de um antigo amor, com quem quase se casou. Para manter seu desejo de nomear seu sétimo filho ela comete um ato extremo.


Em paralelo, outras histórias, outros nomes, outros personagens surgem no decorrer das páginas traçadas por um emaranhado elaborado que vai se desfazendo e ganhando forma bem aos pouquinhos.

Esse romance barroco caminha sutilmente pelo gênero da fantasia, é possível observar algumas pinceladas mágicas nas escolhas de nomes hilários que conduzem toda a trajetória das personagens.


Meu personagem favorito é Próspero, um anão que nasceu gigante. Ele sonha em rasgar a página de seu registro, não gosta e não se identifica com seu nome. Quem nunca, não é mesmo?



E você? Gosta do seu nome? Já pensou na importância que ele tem na sua vida? Será que você seria diferente se tivesse sido nomeado de outra forma?



Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚❤


Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros





O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.







8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo