top of page
  • Foto do escritorKelly Rossi

E Não Sobrou Nenhum - resenha


Título Original - And Then There Were None

Autora - Agatha Christie

Nacionalidade - Britânica

Tradução - Renato Marques de Oliveira

Editora - Folha de São Paulo

Gênero - Romance Policial

Páginas - 360

Ano - 2019

ISBN - 9788579493737

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐💘


Sinopse - "Números são um artifício que Agatha Christie explorou regularmente para multiplicar suspeitas e prolongar o suspense de suas tramas. Neste romance de 1939, também conhecido como "O Caso dos Dez Negrinhos", dez pessoas que não se conhecem são convidadas para passar férias em uma enigmática ilha. Cada um carrega a sombra da morte em seu passado e, aos poucos, é eliminado por um assassino justiceiro que apaga todos os rastros. A progressão é um artifício essencial, pois quanto mais tempo cada alguém sobrevive, mais se torna suspeito. Além disso, a autora manipula a pluralidade de personagens para criar uma narrativa multifocal, detendo-se na psicologia, na motivação e nos medos de cada um frente à morte. Assim, ela supera as limitações da fórmula "quem matou?" ao demonstrar a paridade entre crime e castigo e ao revelar, quando menos se espera, que no fundo ninguém é inocente."


🏝 "Em meio à vida já a morte nos envolve."


Romance extraordinário e envolvente! "E não sobrou nenhum" é o romance de mistério mais vendido de todos os tempos, com 100 milhões de cópias. Isso só prova que a Agatha Christie é realmente notável.

Nesta obra-prima, a autora cria dez personagens, todos suspeitos de assassinato, que são atraídos para uma ilha rochosa, deserta e isolada da civilização. O grupo de estranhos é convidado para um longo fim de semana nessa Ilha. Quando eles chegam, tudo está perfeito, mas o anfitrião está ausente. Aos poucos, um por um é assassinado conforme indicado em uma canção de ninar fixada nos quartos da casa. Christie faz com que cada assassinato ocorra em um situação em que quase todos os outros hóspedes da ilha possam ter tido a oportunidade de cometê-lo.


Palavras da própria autora: ✍🏻 "Escrevi o livro depois de muito planejamento e fiquei satisfeita com o que fiz dele. Era claro, direto, desconcertante e, no entanto, tinha uma explicação perfeitamente razoável; [...] Foi bem recebido e revisado, mas quem realmente ficou satisfeita com isso fui eu mesma, pois sabia melhor do que qualquer crítico como tinha sido difícil..."


Eu só posso afirmar que o trabalhão todo que a Agatha teve em escrever essa história deu resultado. O livro é genial do início ao fim. Antes de concluir a resenha eu já recomendo fortemente.

A leitura acaba sendo muito marcante. A autora cria uma atmosfera onde você se sente tão preso quanto as personagens nesta ilha. Desta vez, suspeitei da personagem certa, mas não considero que acertei por vários critérios que não posso explicar, senão daria spoilers.... de qualquer forma, acho que muito da diversão de ler esse tipo de romance de mistério é tentar descobrir o culpado durante o processo de leitura do livro. Não importa se você acertou ou não, sempre é gratificante quando o mistério é explicado. Uma maneira deliciosa de fazer seus neurônios se exercitarem. Certamente, este romance não é apenas um maravilhoso livro de mistério policial, mas também uma história de "terror", ou melhor, de suspense psicológico verdadeiramente assustadora. O cenário escolhido pela autora foi propício para o desenvolvimento das personagens espantosas e distorcidas.


🏝 "Mas nenhum artista, agora percebo, pode sentir-se satisfeito apenas com a arte. Há um desejo natural de reconhecimento e atenção pública, um anseio que, de tão ardente, é irrefutável."


Eu li o desfecho vibrando com a sagacidade da Agatha. É muito rainha mesmo! Rainha do meu coração!💘


Se você ainda não conhece essa história, só se joga!


Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚🔎




Colabore com o blog! apoia.se/voandocomlivros

5.412 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page