• Kelly Rossi

Circe - resenha


Título Original - Circe

Autora - Madeline Miller

Nacionalidade - norte-americana

Tradução - Isadora Prospero

Editora - Planeta Minotauro

Gênero - Fantasia

Páginas - 368

Ano - 2019

ISBN - 9788542215861

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐


Sinopse - "Na casa do grande Hélio, divindade do Sol e o mais poderoso da raça dos titãs, nasce uma menina. Circe é uma garotinha estranha: não parece ter herdado uma fração sequer do enorme poder de seu pai, muito menos da beleza estonteante de sua mãe, a ninfa Perseis.

Deslocada entre deuses e seus pares, os titãs, Circe procura companhia no mundo dos homens, onde enfim descobre possuir o poder da feitiçaria, sendo capaz de transformar seus rivais em monstros e de aterrorizar os próprios deuses.

Sentindo-se ameaçado, Zeus decide bani-la a uma ilha deserta, onde Circe aprimora suas habilidades de bruxa, domando perigosas feras e cruzando caminho com as mais famosas figuras de toda a mitologia grega: o engenhoso Dédalo e Ícaro, seu filho imprudente, a sanguinária Medeia, o terrível Minotauro e, é claro, Odisseu.

E os perigos são muitos para uma mulher condenada a viver sozinha em uma ilha isolada. Sem se dar conta, Circe acaba despertando a ira tanto dos homens quanto dos deuses. Para proteger o que mais ama, ela deverá usar toda a sua força e decidir, de uma vez por todas, se pertence ao reino dos deuses ou ao dos mortais que ela aprendeu a amar.

Personagens vívidos e extremamente cativantes, aliados a uma uma linguagem fascinante e um suspense de tirar o fôlego, fazem de "Circe" um triunfo da ficção, um épico repleto de dramas familiares, intrigas palacianas, amor e perda. Acima de tudo é uma celebração da força indomável de uma mulher em meio a um mundo comandado pelos homens."



🦁"QUANTOS DE NÓS RECEBERIAM PERDÃO SE A VERDADE DE NOSSOS CORAÇÕES FOSSE CONHECIDA?"


Depois de me encantar com "A Canção de Aquiles", fui conferir "Circe" e meu deslumbramento com a escrita da Madeline Miller só aumentou.


A voz que nos guia nessa história é da própria Circe, mas a autora também passeia entre mitos e deslinda diversas figuras famosas da mitologia grega. Todas cerzidas em uma colcha bela e, ao mesmo tempo, lacrimosa. Dédalo e Ícaro, Medeia, Atena, Artemis, Hermes, Zeus, Minotauro, Cila, Odisseu, Telêmaco e Penélope são apenas algumas das personalidades que saltam aos olhos enquanto Circe pinta sua trajetória.


🦁"EM UMA VIDA SOLITÁRIA, HÁ RAROS MOMENTOS EM QUE OUTRA ALMA MERGULHA PERTO DA SUA, COMO ESTRELAS ROÇANDO A TERRA UMA VEZ POR ANO."


Filha do titã, Hélio, Circe surge a primeira vez na epopeia homérica, "Odisseia", onde é apresentada como uma ninfa fenticeira que transforma homens em porcos. Ao se aprofundar nas aventuras de Odisseu, é possível perceber que Circe é peça fundamental em sua jornada. Eu gosto muito de sua força e poder no clássico de Homero.


No livro de Madeline, conhecemos Circe desde sua infância, revivemos sua importância para Ulisses, de mil ardis, também conhecido como Odisseu, até sua vida madura.


🦁"CORAGEM NÃO É UMA QUESTÃO DE IDADE, MAS DE ESPÍRITOS BEM FORMADOS."


Quando li a "Ilíada" e a "Odisseia", peguei-me muitas vezes pensando em como os Deuses são erráticos. A cada página que lia de "Circe" esse sentimento se enraizava e deixava claro que a mortalidade é a principal e, até me arrisco em dizer que seja, a única diferença para com os humanos.


Eu adorei como a maternidade foi desconstruída nessa obra. Mesmo sendo uma deusa, os problemas e dores de Circe ao criar seu filho eram latentes, assim como o relacionamento complicado com seus familiares. A vida das mulheres não são nada fáceis, e nem sendo uma deusa é possível escapar de tamanha crueldade que os homens oferecem.


Apesar de encontrar uma Circe mais fraca e indecisa nesse livro, eu vibrei com várias de suas escolhas, principalmente a final.


E meu deleite maior foi me deparar com a ampliação da "Odisseia". Em "Circe", a história continua, confirmo e acompanho o estresse pós-guerra do Odisseu e ainda reencontro a minha personagem favorita das epopeias: Penélope. Como amo!🧡


Encerro esse post expressando meu desejo de ser brindada com outras obras dessa autora que aprendi a admirar.



Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚🧡




🦁"ALGUMAS PESSOAS SÃO COMO CONSTELAÇÕES QUE SÓ TOCAM A TERRA POR UMA ESTAÇÃO."



Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros




O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.


33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo