• Kelly Rossi

A Casa do Penhasco - resenha


Autora - Agatha Christie

Tradução - Otavio Albuquerque

Editora - Coleção Folha de São Paulo

Gênero - Romance Policial

Páginas - 224

Ano - 2018

ISBN - 9788579493706

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐🧡


Sinopse - "O detetive belga Hercule Poirot está passando o verão tranquilamente na costa da Cornualha quando subitamente trava conhecimento com Nick Buckley, uma bela moça que parece estar sofrendo seguidas tentativas de assassinato. Quem teria motivos para querer liquidar a jovem com 'um rostinho cheio de vida, suave como o amor-perfeito, enormes olhos azul-escuros e algo a mais - melancólico e cativante'?

Hospedado no Hotel Majestic, 'que serve a pior comida e cobra os mais altos preços da Inglaterra', e acompanhado de seu inseparável amigo, o capitão Hastings, que regressou de uma temporada na Argentina, Poirot defronta-se com um desafio inusitado. Afinal, em suas palavras, caçar um facínora depois que o crime foi cometido é simples, pois 'o assassinato acaba deixando sua assinatura'. Como fazer, porém, para investigar um delito que ainda não foi perpetrado?"


"INVESTIGAR UM CRIME QUE AINDA NÃO FOI COMETIDO, ISSO SIM É MUITO DIFÍCIL."


E é exatamente essa delicada missão que o grande detetive belga Hercule Poirot e seu fiel amigo, capitão Hastings, irão enfrentar.


Encontrar o criminoso depois que o assassinato já foi cometido é mamão com açúcar para o brilhante Poirot. Como ele mesmo diz, o assassino deixa uma assinatura e "com ordem e método"... ZaZ... o crime desvendado.


Mas desta vez, Hercule Poirot precisará de todas as suas células cinzentas para evitar uma tragédia. Será que ele conseguirá?


"AS APARÊNCIAS ENGANAM. ATÉ UM NEGÓCIO SUNTUOSO E COM TODOS OS SINAIS DE PROSPERIDADE PODERIA ESTAR CONSTRUÍDO SOBRE ALICERCES PODRES."


A dona da Casa do Penhasco é uma bela moça chamada Nick Buckley. Ela vem sofrendo sucessivas tentativas de assassinato e por coincidência do destino, o aposentado Hercule Poirot presencia uma das tentativas. Poxa vida! Como alguém se atreve a tentar cometer um assassinato logo na presença do detetive, como ele mesmo diz, "singular, insuperável, o maior de toda a história"?


Esse foi o 19º livro da Agatha lido pelo clube Lendo Rainha Christie e, para mim, foi o mais engraçado até aqui. O amor do Poirot pelo Hastings só aumenta, assim como as alfinetadas e a "gozação", por outro lado, foi a primeira vez que vi nosso detetive belga verdadeiramente humilde. Muito fofo! Essa dupla é tudo pra mim! AMO!!! "A Casa do Penhasco" é o segundo livro da Agatha que entrou para a lista dos meus favoritos.


"POR QUE NINGUÉM NUNCA TEM CERTEZA DE NADA? NOS LIVROS DE DETETIVES, TUDO É LÍQUIDO E CERTO, CLARO. MAS A VIDA REAL É UMA ETERNA CONFUSÃO."


Os títulos da Agatha Christie podem ser lidos separadamente na ordem que você quiser, mas é possível perceber referências de livros publicados anteriormente. Em "A Casa do Penhasco" as obras mencionadas são:


  1. "O Mistério do Trem Azul" nos capítulos 1 e 5;

  2. "O Último Caso de Poirot" no capítulo 9;

  3. "O Misterioso caso de Styles" no capítulo 14;

  4. "Poirot Investiga" no capítulo 15; e

  5. "O Assassinato de Roger Ackroyd" no capítulo 16.


Caso você não goste de spoiler, aconselho que leia "Poirot Investiga" antes de ler esse livro. Todas as outras referências estão livres de spoilers e você só perceberá se já leu a respectiva obra.


Fiz a leitura em live do primeiro capítulo do livro com duas amigas. Para assistir clique aqui: 📽



Então é isso, voadores! Espero que tenham gostado!


Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚💖




Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo