top of page
  • Kelly Rossi

Ájax - resenha


Título Original - Αἴας

Autor - Sófocles

Nacionalidade - Grego

Tradução - Trajano Vieira

Editora - 34

Gênero - Tragédia

Páginas - 232

Ano - 2022

ISBN - 9786555251296

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐💘


Sinopse - "A figura de Ájax, um dos heróis da Guerra de Troia, tem fascinado o público desde a mais remota Antiguidade. Na Ilíada ele já era retratado como um personagem arcaico, um indômito guerreiro que portava um enorme escudo e eventualmente atirava pedras nos inimigos. Nesta tragédia de Sófocles (496-406 a.C.), um dos pontos altos da dramaturgia mundial, o foco volta-se para a sua derrocada. Após o julgamento que destinou as armas de Aquiles a Odisseu, e não a ele, que tinha sido o responsável por deter as forças troianas na ausência do maior herói grego, Ájax se revolta e decide matar Agamêmnon, Menelau e o próprio Odisseu. Nesse momento intervém a deusa Atena, que faz com que Ájax massacre os rebanhos de seu exército acreditando se tratar do contingente grego. A partir desse evento, Sófocles vai discutir uma das questões centrais de sua época: como as tradições das antigas aristocracias, representadas na peça por Ájax, poderiam ser medidas em face dos novos valores da democracia ateniense? Ou mais amplamente: como as convicções mais profundas de uma sociedade são afetadas pela passagem do tempo? O presente volume, bilíngue, inclui o clássico ensaio de Bernard Knox sobre a tragédia, em que o eminente helenista discute esse e outros temas, e a brilhante tradução de Trajano Vieira, na qual toda a riqueza de registros do texto sofocliano foi recriada com talento e esmero em nossa língua."



"Essas linhas são tão majestosas, tão longínquas e misteriosas, e ao mesmo tempo tão passionais, tão dramáticas e complexas, que se isso fosse tudo o que tivesse sobrado de Sófocles, ainda assim teríamos de reconhecê-lo como um dos maiores poetas do mundo."


Essas são palavras de Bernard Knox, publicadas em 1961 no seu Ensaio, "O Ájax de Sófocles", que resumem com maestria o grande Sófocles.


Sófocles nasceu em 496 a.C., imaginem que essa peça foi escrita no século V a.C., eu acho isso tão fascinante, tão emocionante... saber que estou lendo algo que tocou civilizações tão antigas. Chega a ser mágico! É uma pena que Constantinopla foi saqueada e destruída implacavelmente pelos cruzados em 1204, e quase todo grande tesouro grego foi perdido, incluindo dezenas de obras de Sófocles. Das 123 peças que ele escreveu em sua longa vida, sobraram apenas 7, dentre elas, "Ájax". Do maravilhoso mundo grego, ficamos condenados a conhecer apenas alguns poucos fragmentos, e mesmo assim ele é grandioso e fico extremamente grata em ter essa oportunidade.


Ájax foi um dos heróis da Guerra de Troia, depois de Aquiles, era considerado o maior e mais valente guerreiro. Um gigante com seu famoso escudo em forma de torre, uma figura verdadeiramente assustadora. Nessa obra, vamos acompanhar sua derrocada. A fragilidade de sua natureza aflorou depois do julgamento que destinou as armas de Aquiles a Odisseu, e não a ele, que era merecedor por ter detido as forças troianas na ausência do maior herói grego. A fúria de Ájax explodiu e ele resolveu matar os Atridas e o próprio Odisseu. A Deusa Atena interferiu deixando Ájax em uma situação de extrema humilhação, e é nesse cenário caótico que essa peça extraordinária começa.


"RESUMO NOSSA CONDIÇÃO HUMANA:

VOLÚVEL SOMBRA, ESPECTROS TÃO SOMENTE."


Sófocles instiga discussões belíssimas, uma das mais emblemáticas que me saltou aos olhos foi a relação entre homens e suas possíveis transformações em um determinado período de tempo. É impressionante como nós somos frágeis e transitórios.


Uma cena que me deixou tocada, e me remeteu automaticamente para os dias de hoje, se passa com Ájax pensando em seu pai e imaginando sua vergona e sua decepção em receber o filho sem prêmio (armas de Aquiles), seu desespero e humilhação é de partir o coração. Quantas pessoas, jovens e adultos prezam, assim como Ájax, pelo orgulho do pai/mãe?

Mesmo em meio a dor e a insanidade, o orgulhoso Ájax recusa a se curvar em qualquer situação, contra quem quer que seja. E eu amo isso nele, assim como fiquei encantada como os diálogos, o duplo sentido nas palavras do Ájax, o discernimento de Tecmessa, a discussão entre Teucro e os Atridas e, em especial , a sensatez nas palavras e atitude de Odisseu.


"Ájax" foi minha primeira leitura de 2023 e fiquei extremamente feliz com a escolha. A edição da Editora 34 conta com o Ensaio completo de Bernard Knox "O Ájax de Sófocles" e com outros textos extras, além de contar com a tradução e notas do premiado Trajano Vieira.


Mesmo que você ainda não tenha lido Ilíada e Odisseia (o que eu recomendo muito) pode fazer a leitura dessa obra de Sófocles tranquilamente. A escrita do autor é dramática e poética na medida certa, uma verdadeira relíquia de muitos séculos passados.


⬇ Vou deixar aqui os trechos que destaquei durante a leitura. Só um gostinho para despertar a curiosidade de vocês.


"EM VISTA DISSO, NÃO APONTES NUNCA

O FIO DE UMA PALAVRA CONTRA OS DEUSES,

NEM USES DA SOBERBA SE ALGUÉM

FOR MAIS FRACO NO PORTE OU NA RIQUEZA.

UM DIA BASTA PARA PÔR ABAIXO

E ERGUER DE NOVO TODO FEITO HUMANO.

ÓDIO AO VIL, NÃO AO SÁBIO, O LEMA OLÍMPICO."


"CONTRA O PODER RASTEJA A INVEJA.

SEM OS MAIORES, OS PEQUENOS

ESCORAM SEM FIRMEZA A TORRE.

O FRACO ATINGE SUA META

COM FORTES, E ESTES, COM OS FRACOS."


"NEM MESMO O QUE RESISTE FOGE À REGRA:

CEDE. O INVERNO, COM SEUS PASSOS NÍVEOS,

DÁ LUGAR AO VERÃO DE BELAS FRUTAS.

AO DIA ALVIEQUINO O DISCO ESCURO

DA NOITE PÕE-SE EM FUGA, E VEM A LUZ.

O FURACÃO FURIOSO DORME ONDE

A ONDA ULULA. O SONHO ONIPOTENTE

RETÉM E SOLTA. NÃO MANTÉM CONSIGO

A PRESA. A LUCIDEZ É REFUTÁVEL?

AGORA EU SEI QUE A INIMIZADE PELO

INIMIGO NÃO DEVE SER TOTAL,

PODENDO SER BENQUISTO UM BELO DIA.

COLOCO-ME À DISPOSIÇÃO DO AMIGO,

SABENDO SER FUGAZ. A MAIORIA

NÃO CONFIA NO PORTO DA AMIZADE.

TUDO IRÁ BEM, NO QUE CONCERNE A ISSO."


"QUEM TEM VISÃO ESTREITA SÓ É CAPAZ

DE AVALIAR O BEM DEPOIS QUE O PERDE."


"JAMAIS A LEI TRARIA BENEFÍCIO

À CIDADE SE NÃO HOUVESSE O MEDO;

NEM A TROPA SERIA CONDUZIDA,

SEM A AÇÃO DO TEMOR E DO RESPEITO.

NEM MESMO O MUSCULOSO ESCAPA ILESO

DA QUEDA NO MAIS SIMPLES CONTRATEMPO.

QUEM NÃO DESPREZA O MEDO E O PUDOR,

PARA ESSE HÁ SAÍDA, ESTEJA CERTO."


"TERMOS RUDES, EMBORA JUSTOS, MORDEM."


"... OS MAIS FORTES

NÃO SÃO OS QUE PASSEIAM OMBROS LARGOS,

MAS AQUELES QUE OBSERVAM A RAZÃO."


"AOS MORTAIS É POSSÍVEL CONHECER

DIVERSAS COISAS COM A VISTA. MAS,

DO SEU PORVIR, NINGUÉM É ADIVINHO."



Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚🖤


Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros









O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page