• Kelly Rossi

O Incrível Garoto da Parada do Apito - resenha


Título Original - The Wonder Boy of Whistle Stop

Autora - Fannie Flagg

Nacionalidade - Norte-americana

Tradução - Ana Guadalupe

Editora - Globo Livros

Gênero - Romance

Páginas - 320

Ano - 2022

ISBN - 9786559870356

Classificação - ⭐⭐⭐


Sinopse - "Bud Threadgoode cresceu na fervilhante Parada do Apito, uma cidadezinha às margens de uma ferrovia. Ele foi criado por sua mãe, a séria e carola Ruth, e Idgie, a quem chamava de tia, uma mulher à frente de seu tempo, que adorava se divertir e quebrar as convenções. Juntas, elas criaram uma cafeteria que se tornou uma das maiores atrações das redondezas, conhecida pelo ambiente descontraído e seus famosos tomates verdes fritos, a especialidade da casa.


Porém, para a total tristeza de Bud, a estrada de ferro que sustentava a cidade foi desativada e a Parada do Apito se tornou uma cidade-fantasma. Tomado pela saudade de sua infância, Bud decide fazer uma última viagem ao lugar onde nasceu, cresceu e aprendeu as lições mais valiosas da sua vida. Seu desejo é simplesmente ver o que sobrou de sua tão amada Parada do Apito. Nessa jornada, Bud vai fazer novos amigos, rever velhos conhecidos e desvendar segredos sobre quem ele é e as mulheres que o criaram, heroínas que romperam todas as barreiras em nome da felicidade.


Em O incrível garoto da Parada do Apito, Fannie Flagg faz uma nova viagem aos cenários e personagens inesquecíveis de Tomates verdes fritos e sua adaptação cinematográfica da década de 1990. O livro é um romance emocionante sobre os segredos da infância, as memórias dos lugares onde crescemos e os momentos mágicos que tornam as vidas das pessoas comuns simplesmente fantásticas."


"Tomates Verdes Fritos" é um favorito com uma memória afetiva muito querida pra mim. Eu sabia que seria difícil fazer uma continuação a altura e estava me preparando para uma grande decepção. Mas será que foi? Dei um tempo antes de pegar para ler "O Incrível Garoto da Parada do Apito", e foi uma ótima decisão. Consegui aproveitar melhor a leitura e ter aquele sentimento bom de matar as saudades de várias personagens.


Em "O incrível garoto..." a narrativa também não é linear, existe um vai e vem no tempo desde a década de 1930 até os dias atuais. É assim que vamos descobrindo o que aconteceu com a comunidade da Parada do Apito depois do fim de "Tomates Verdes Fritos". A história se concentra particularmente em Bud Threadgood, filho de Ruth, seu longo e feliz casamento com Peggy e sua filha, Ruthie. Mas também matamos a curiosidade sobre o que aconteceu com a rebelde e inesquecível Idgie, protagonista do primeiro livro. "O Incrível Garoto..." seguiu a vida de muitos dos moradores depois que a Parada do Apito se tornou uma cidade fantasma. Dot Weems, a ex-agente dos correios, responsável por me arrancar muitas gargalhadas no primeiro livro com seus boletins semanais hilários, voltou a aparecer enviando cartas natalinas anuais que contavam sobre nascimentos, mortes e outros pontos interessantes sobre a vida das personagens. Ela, muitas vezes relembra os bons tempos da Parada do Apito. Ficamos sabendo sobre a vida do xerife Kilgore, o pregador, e seu filho, Sipsey e seu filho, Big George, que eram os cozinheiros do café, e Opal Butts, dona do salão de beleza.


🚂 "As mulheres se olham no espelho e se acham horríveis. Os homens nunca se olham e se acham lindos. E quase sempre ambos estão errados."


Evelyn Couch é uma revelação, pois ela floresceu além de todas as medidas depois de conhecer Ninny (narradora do primeiro livro), alguém que ela nunca esqueceu enquanto criava conexões com uma Ruthie solitária que precisava desesperadamente de uma amiga.


É difícil comparar os dois livros, o desenvolvimento das personagens no primeiro livro é fora de série e eu senti muito a falta disso na continuação. Foi uma leitura bem leve e com boas lembranças, mas não me marcou como a primeira. Também esperava mais do desfecho de algumas personagens.


"O Incrível Garoto da Parada do Apito", ao meu ver, é para os fãs do primeiro romance ou filme. Apesar de ter alguns resumos do enredo de "Tomates Verdes Fritos", não seria tão proveitoso para alguém novo na história. Minha dica para que você aproveite melhor essa continuação é: faça como a autora e dê um intervalo entre uma obra e outra. Deixe a saudade bater e leia sem expectativas. Pegue um chazinho, um café ou um chocolate quente e desfrute de um dia calmo com essa leitura.


🚂 "Por mais triste que fossem em tantos momentos, talvez a vida soubesse o que fazia."



Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!❤📚



Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros







O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo