• Kelly Rossi

Uma Rosa só - resenha


Título Original - Une Rose seule

Autora - Muriel Barbery

Nacionalidade - Francesa

Tradução - Rosa Freire D'Aguiar

Editora - Companhia das Letras

Gênero - Romance

Páginas - 176

Ano - 2022

ISBN - 9786557825006

Classificação - ⭐⭐⭐⭐


Sinopse - "Rose tem quarenta anos e acaba de receber a notícia da morte de seu pai ― e que deve deixar a França e ir até Kyoto, no Japão, para ouvir a leitura do testamento. Ao chegar lá, descobre que o homem ― com quem nunca teve contato ― lhe deixou um misterioso itinerário para ser percorrido com Paul, um antigo funcionário. O roteiro inclui passeios por templos, jardins zen e casas de chá, além de encontros com os amigos de seu pai. À medida que os segredos vêm à tona, Rose aprende a aceitar uma parte de si mesma que nunca foi capaz de reconhecer ― e percebe que talvez o amor esteja mais próximo do que ela imagina."



Existe um provérbio japonês que diz: "O MUNDO É UMA CEREJEIRA QUE NÃO OLHAMOS DURANTE TRÊS DIAS." Esse é o tempo do desabrochar da cerejeira, flor símbolo do Japão, onde é conhecida como Sakura e representa a impermanência. Esse provérbio é um lembrete de que o tempo é um bem muito precioso, portanto, faça escolhas sábias, aproveite o momento, celebre sua chegada e aproveite sua passagem.


"Uma rosa só" é um acalento de beleza e delicadeza. Recomeços e segundas chances que podem acontecer nos momentos mais inusitados.


"A VIDA É TRANSFORMAÇÃO. ESTES JARDINS SÃO A MELANCOLIA TRANSFORMADA EM ALEGRIA, A DOR TRANSMUDADA EM PRAZER. O QUE VOCÊ VÊ AQUI É O INFERNO FEITO BELEZA."


Nesse livro, conhecemos a história da Rose, uma mulher de 40 anos que deixa a França para ir até Kyoto, no Japão, depois que recebe a notícia da morte de seu pai.


"O MAIS DURO, NA VERDADE, NÃO É SER FELIZ SEM O OUTRO [...], É MUDAR, NÃO SER MAIS AQUELE QUE ÉRAMOS COM O OUTRO."


Demorei para entender a protagonista, Rose é amargurada, teve uma vida conturbada. Mas só sabemos o que ela realmente passou, conforme a narrativa desabrocha.


"A VIDA TALVEZ NÃO SEJA MAIS QUE UM QUADRO QUE SE CONTEMPLA ATRÁS DE UMA ÁRVORE. ELA SE OFERECE A NÓS EM SUA TOTALIDADE MAS SÓ A PERCEBEMOS ATRAVÉS DE PERSPECTIVAS SUCESSIVAS. A DEPRESSÃO NOS TORNA CEGOS PARA AS PERSPECTIVAS. O CONJUNTO DA VIDA NOS ESMAGA."


Antes de todo capítulo, temos um provérbio japonês relacionado. Assim, a autora vai linkando toda a história. A escrita transborda a natureza, é fácil fechar os olhos e se transportar para as ruas do Japão, jardins zen, e cerimônias tradicionais de chá.


"SE A GENTE NÃO ESTÁ PRONTO PARA SOFRER, NÃO ESTÁ PRONTO PARA VIVER."


Rose não conhecia seu pai, e seu espanto foi grande ao descobrir que não tinha apenas um testamento a sua espera, mas todo um itinerário com passeios por templos e restaurantes. Aos poucos, não só os segredos de Haru, seu pai, vão ficando evidentes, mas, também, suas dores, seu verdadeiro eu... uma nova vida, talvez um novo amor...



Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima! 📚💖



Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros









O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.

90 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo