• Kelly Rossi

Morte nas Nuvens - resenha


Título Original - Death in the Clouds

Autora - Agatha Christie

Nacionalidade - Britânica

Tradução - Henrique Guerra

Editora - L&PM

Gênero - Romance Policial

Páginas - 240

Ano - 2019

ISBN - 9788525437426

Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐


Sinopse - "Durante um voo de Paris a Londres, Madame Giselle, uma agiota, morre subitamente. A arma do crime não poderia ser mais absurda: um dardo envenenado cravado no pescoço da vítima. Mas quem conseguiria utilizar uma zarabatana dentro de um avião? E sem ser visto por ninguém? Todos os passageiros são interrogados pela polícia. Entre eles está Hercule Poirot: ele simplesmente não consegue aceitar que um assassinato foi cometido bem debaixo do seu nariz. O detetive começa a investigação, mas desta vez os riscos são altos - afinal, é um dos principais suspeitos do crime."


"UTILIZE OS OLHOS DO CÉREBRO, NÃO DO CORPO. DEIXE AS PEQUENAS CÉLULAS CINZENTAS DO CÉREBRO FUNCIONAREM... DEIXE A ELAS A INCUMBÊNCIA DE LHE MOSTRAR O QUE ACONTECEU REALMENTE."


O famoso detetive belga, Hercule Poirot, é um dos onze passageiros do voo Paris-Londres. Um pouco antes do pouso, dois seres são encontrados mortos: uma das passageiras e uma vespa que sobrevoava o compartimento traseiro.


Em um primeiro momento, acreditam que a morte da passageira foi um acidente provocado pela picada da vespa, pois a falecida tem um pequeno furo no pescoço. Mas depois de uma breve análise, encontram um dardo envenenado próximo ao acento da vítima.


Então Poirot entra em ação e se dedica plenamente em busca da verdade para salvar sua própria reputação.


A história é muito bem construída. Assim como acontece na maioria das obras da autora, o capítulo da revelação se encarrega de ligar todos os pontos do mistério, deixando o leitor estupefato.


Esse foi o primeiro livro protagonizado pelo Poirot que eu não senti falta do Hastings. Nosso pequeno detetive com cabeça em formato de ovo estava tão espirituoso que eu tive a sensação que a Agatha fez uma junção dos dois personagens (Poirto + Hastings). Um destaque também para o inspetor Japp que sempre aparece nas histórias da Agatha e desta vez , junto com o Poirot, ele me arrancou boas risadas.


"Morte nas Nuvens" foi publicado pela primeira vez em março de 1935 e ainda carrega temas atualíssimos. Esse foi o 29º livro da Agatha que leio pelo @clubelendorainhachristie e já estou ansiosa pela próxima leitura. A rainha do crime nunca decepciona e eu sigo na luta para conseguir desvendar o crime antes de chegar nas últimas páginas.


Para quem já leu "Assassinato no campo de golfe", vai ter uma boa recordação com algumas referências que aparecem nesse livro. Outra obra que também ganha uma citação sutil é o "Assassinato no Expresso do Oriente". Eu adoro essas pequenas relações que a autora coloca nos seus livros, é sempre uma surpresa agradável quando descubro alguma. Sim, o Agathaverso existe!😄


"Morte nas Nuvens" é mais um livro da Agatha que eu gostei muito e recomendo!


Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima!📚💙


"EXISTEM COISAS MAIS RELEVANTES DO QUE DESCOBRIR QUEM É O ASSASSINO. E JUSTIÇA É UMA PALAVRA BONITA, MAS ÀS VEZES É DIFÍCIL DE EXPLICAR COM PRECISÃO O QUE ELA QUER DIZER. NO MEU PONTO DE VISTA, A COISA MAIS IMPORTANTE É INOCENTAR QUEM MERECE SER INOCENTADO."




Colabore com o blog: apoia.se/voandocomlivros








O livro está disponível nas melhores livrarias! Você também pode comprar sem sair de casa clicando na imagem ao lado. Comprando por esse link, você ajuda o blog sem pagar nada a mais por isso.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo