Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - Resenha

Título - Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Autora - J. K. Rowling
Tradução - Lia Wyler
Editora - Rocco
Gênero - Fantasia
Páginas - 318
Local - Rio de Janeiro, 2015
ISBN - 978-85-325-2997-8
Classificação - ⭐⭐⭐⭐⭐


Sinopse - "Durante 12 longos anos, a assustadora fortaleza de Azkaban manteve prisioneiro o bruxo Sirius Black. Condenado pelo assassinato de 13 pessoas com um só feitiço, muitos acreditam que Black seja o mais fiel dos seguidores d'Aquele-Que-Não-Pode-Ser-Nomeado. Agora ele fugiu da prisão. E os guardas de Azkaban disseram que Black andara repetindo a seguinte frase durante o sono: "Ele está em Hogwarts... ele está em Hogwarts." Será que o perigoso bruxo está vindo atrás de Harry?
Seja como for, Harry Potter não está seguro, nem mesmo dentro de sua escola de magia, cercado por seus amigos. Principalmente porque, para piorar as coisas, pode haver um traidor entre as pessoas que o cercam."

Nem acredito que aconteceu! Depois de dois livros inteiros sofrendo junto com o Rony... voilà!!! Finalmente uma varinha decente! Ai, ai... só digo que meu amor por esse ruivinho cresce a cada leitura.

Esse terceiro livro é recheado de animais do começo ao fim. Desde o mais fofinho até o mais tenebroso. Um destaque para Bichento, o gato da Hermione, que deixa o Ron enraivecido.

A fuga do prisioneiro Sirius Black da fortaleza de Azkaban amedronta a todos e espalha dementadores por Hogwarts. Os dementadores são guardiões de Azkaban, seres terríveis que sugam toda a felicidade da pessoa, além de ter o poder de roubar a alma com um "beijo da morte".
Mais uma vez o menino Harry corre graves perigos e precisa lutar para sobreviver. Além da ajuda de seus amigos Ron e Mione, ele conta com o auxílio de Lupin, seu novo professor de defesa contra as artes das trevas.

O mundo fantástico de Harry Potter vive nos apresentando novos itens incríveis, os mais legais dessa vez foram: o "mapa do marato" e o "vira-tempo". O mapa mostra todos os caminhos visíveis e não visíveis, e também a localização de cada pessoa em Hogwarts. O "vira-tempo", como o nome sugere, permite ao bruxo que o usa voltar no tempo.

Há um traidor em Hogwarts e tentar desvendar esse mistério é muito instigante. Eu não conhecia a história e mais uma vez me surpreendi com o desfecho.

As páginas que narram os Jogos de Quadribol nesse livro me deixaram fascinada. É incrível a emoção que senti, parecia que estava assistindo ao vivo. Torcia e vibrava... muito louco!
Aventura, magia, emoção, suspense, medos, amizade, família, amor... tudo isso e muito mais são os temas que você encontra com essa leitura. Tudo de uma forma natural e gostosa de ler.

Uma última coisa que gostaria de destacar que achei muuuito incrível é o que aparece na capa da edição que estou lendo. Harry precisa de um Patrono para se defender. O Patrono é um tipo de energia positiva, de esperança, de felicidade, de amor, enfim... de tudo que é bom. Cada bruxo conjura um Patrono único e o do Harry tem aspecto de um cervo, que era o animal que seu pai sempre se transformava. Lindo né?!

Sigo amando e me envolvendo cada vez mais com os personagens e com a história. Bora para o próximo!


Beijos, um ótimo voo a todos e até a próxima.💖📚

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resumo - Prisioneiro B-3087

Resumo - Labirinto dos ossos

O mistério do Capiongo - Resenha